Anuncios

 

Além das definições para a palavra maçonaria temos aqui provas de que a maçonaria é uma religião, embora os maçons querem que você acredite que ela não é uma religião.

Definição de Maçonaria

O nome "maçonaria" provém do francês maçonnerie, que significa "construção", "alvenaria", "pedreira".


O termo maçom (ou maçon), provém do inglês mason e do francês maçon, que quer dizer 'pedreiro', e do alemão metz, 'cortador de pedra'.
O termo maçom portanto é um aportuguesamento do francês; maçonaria por extensão significa associação de pedreiros.

A Maçonaria é uma sociedade secreta e ritualística, incluindo em sua filosofia a auto-salvação do homem.
Ainda que não seja uma igreja como conhecemos, constitui-se num movimento religioso e sincretista.

Provas práticas de que a maçonaria é uma religião

Leia as palavras de Albert Pike, 33° grau, chamado o  "Platão da franco-maçonaria." Ele foi o antigo "Soberano Grande Comendador do Supremo Conselho dos Grandes Soberanos Inspetores Gerais do Grau Trinta e Três":
“Toda loja maçônica é um templo religioso e seus ensinos são instruções religiosas”.
“É a religião universal, eterna, imutável’.
Provavelmente o principal historiador e erudito da franco - maçonaria nos tempos modernos foi Albert Mackey, 33° grau. Ele declarou: "A religião da franco-maçonaria não é cristianismo.
A obra maçónica Mackey's Revised Encyclopedia os Freemansonry (Enciclopédia Revisada da Franco Maçonaria de Mackey) diz: "A Maçonaria pode ser corretamente chamada de instituição religiosa... e quem pode negar que a Maçonaria é uma instituição eminentemente religiosa?". Essa declaração é de uma autoridade maçónica de reputação internacional, não é uma afirmação nossa.

De acordo com o escritor Albert G. Mackey, a maçonaria tem antigos Landmarks (doutrinas), cerimônias, símbolos e alegorias, tudo focalizando verdadeiros ensinos religiosos.
Outrossim, a maçonaria tem templos (chamados de lojas) com seu grão-mestre {presidente da loja}, tem membros, têm ofícios sacramentais, cerimônias fúnebres e tem reuniões. Isso tudo é mias um prova de que a maçonaria é mais uma religião.

O templo maçônico é um templo de bruxaria! Há pouca dúvida disso. Ocultas nos seus símbolos estão às deidades e até mesmo as ferramentas de trabalho da bruxaria!
A estrela flamígera no centro da Loja é o pentagrama dos bruxos, símbolo do deus do Satanismo, Set! A letra "G" representa a capacidade de gerar, a potência sexual.
O avental é um instrumento da magia cerimonial e um símbolo do sacerdócio de Lúcifer. Ele também funciona como uma paródia sacrílega do véu do Templo de Salomão, visto que vela o "Santo dos santos" – no caso, a região genital do maçom. [¹].
Se você se diz cristão e faz parte da maçonaria, você na verdade está em duas religiões. E lembre-se que não dar para servir a dois senhores.
Ou se é um verdadeiro cristão ou se é um verdadeiro maçom! E este último não tem compromisso com o Salvador Jesus Cristo, do qual a Santa Bíblia muito nos fala.

a) Vocabulário maçônico é de fato religioso

Encontramos no dicionário maçônico das palavras sagradas de passe, estas palavras são usadas em determinados rituais maçônicos, as quais são de fato palavras religiosas. O que constitui em mais uma prova de que a maçonaria trata-se de uma religião.
Entre essas palavras usadas em certos rituais maçônicos (Confira estas palavra no livro “ Maçonaria: Uma religião não Cristã).

5. Por que insistem tanto em não ser religião?

Como religião seus membros seriam adeptos, o que seria uma religião secreta. Nesse caso as pessoas, principalmente aquelas que já pertencem a um segmento religioso, não se interessariam por iniciar-se na Maçonaria.
Não sendo religião obviamente não interfere na religião de ninguém que não seja cristão e afirma ainda que uma das razões de sua existência é ajudar diversas igrejas.
Com essa aparente neutralidade a Maçonaria consegue a simpatia de membros de diversos segmentos religiosos e até mesmo de alguns pastores evangélicos.
Muitos maçons continuam insistindo que a Maçonaria não é uma religião. No entanto, os próprios escritos deles contradizem essas afirmativas. Albert Pike, Grande Comandante do Rito Escocês (1860) escreveu: "Toda loja é um templo de religião e seu ensino instrução em religião."

Fonte: Maçonaria, uma religião não cristã!

 
Top