Anuncios

 

 Obs. Lições Bíblicas de Adolescentes – 2°tri. De 2016 – CPAD
TEXTO BÍBLICO: Gálatas 5.16-26
Destaque
"Quero dizer a vocês o seguinte: deixem que o Espírito de Deus dirija a vida de vocês e não obedeçam aos desejos da natureza humana" (Gl 5.16).
TROCANDO IDEIAS


Leia também:
Em diversas situações ouvimos aquela voz nos alertando sobre aquela atitude tomada completamente errada e que a nossa maneira de agir deveria ter sido outra.
Já percebeu que é mais fácil seguir pelo caminho errado, e que ele nos parece sempre a melhor opção? Por que será que isso acontece? Como podemos mudar agindo da maneira certa dentro da nossa família? Pense um pouco sobre isso e vamos trocar uma ideia!
 
ESTUDANDO A BÍBLIA
Você já se encontrou em uma situação na qual deveria tomar uma decisão e dentro de você se ouvia duas vozes, cada uma dizendo o que fazer?

As vezes nos deparamos com essas situações, onde somos confrontados a tomar decisões de grandes consequências; uma pode nos levar para o caminho da vida e da felicidade, a outra pode nos levar para o caminho de morte e tristeza. Vejamos o que a Bíblia nos diz a respeito desse conflito internalizado e de como podemos agir quando nos encontrarmos em situações desse tipo.

TODA PESSOA É MÁ?
Deus fez o homem conforme a sua imagem e semelhança. E tudo o que Deus faz é bom. Porém, e ainda no Éden, o homem se deixou seduzir pelo pecado (Gn 3) e a sua natureza foi integralmente corrompida.

O ser humano passou a ser dirigido, não pelo desejo colocado por Deus em seu coração, mas pela má natureza humana que faz tudo o que é contrário ao Espírito Divino (Gl 5.17).

Ao ser guiado por sua própria natureza, o homem vive uma vida de egoísmo, onde só interessa a realização dos seus próprios desejos e vontades. Mas será que isso gerou algum problema para a nossa família?
Certamente. Já percebeu como adolescentes brigam entre si para ganhar a preferência dos pais ou dos professores ou de outra hierarquia?
Como se entregam aos mais diversos métodos para se dar bem à custa dos outros colegas? Isso me faz lembrar uma história que cabe neste caso: Esaú e Jacó.

Com o objetivo de se darem bem em detrimento do outro, esses dois irmãos causaram uma enorme briga familiar que os fez se distanciar por longos anos (Gn 27). Interessante pensar que os filhos de Esaú e Jacó cresceram presenciando essa divisão familiar, e certamente foram influenciados por tal relação. A questão que devemos ref letir é a seguinte: precisamos levar aquilo que foi errado em nossa família como se fosse o único padrão devida possível?
Não podemos esquecer que o melhor padrão de família é viver o padrão de Deus, afinal, não é Ele o seu Criador!?
Mas não se engane! Para vivermos uma vida de acordo com os padrões de Deus, enfrentaremos diariamente uma luta contra os nossos próprios desejos. O homem de hoje vive distante da vontade do Pai, pela qual Ele quer que cada ser humano ame o seu próximo como a si mesmo, conforme nos ensinou Jesus em seu Evangelho (Lc 10.25-37). Que isto esteja em nosso coração, formando a base sólida para a nossa família. Quando os seus pais, ou os seus irmãos, precisam de você, há disposição de sua parte para ajudar? Ou você se deixa levar pelo egoísmo humano?
VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHO!
Viver conforme a vontade de Deus não é tarefa fácil, pois temos que diariamente abrir mão de nossa natureza humana dizendo "não!" aos desejos e paixões mundanas (Gl 5.24). Por vezes, pode nos parecer uma tarefa impossível, mas na verdade não é. Isso porque não estamos sozinhos nessa luta.

O apóstolo Paulo, missionário experiente no serviço ao Senhor, também experimentou esse tipo de dificuldade: "Eu não entendo o que faço, pois não faço o que gostaria de fazer. Pelo contrário, faço justamente aquilo que odeio" (Rm 7.15). Esta confissão do apóstolo nos ajuda a entender que tal realidade acontece com todos os crentes sem distinção. Então, isso quer dizer que estamos sozinhos nesta inclinação para o pecado? Não, de maneira nenhuma!

Em João 14.16, Jesus nos garantiu que Deus nos enviou o Espírito Santo para ser o nosso Auxiliador, ficando para sempre ao nosso lado. Por isso, sempre em que nos encontrarmos em uma situação de perigo, onde a nossa natureza parece falar mais alto, devemos pedir socorro ao Espírito Santo, para permanecermos fazendo a vontade de Deus. Por isso, o apóstolo Paulo também comemora, nos ensinando que há esperança em Cristo Jesus: "Que Deus seja louvado, pois ele fará isso por meio do nosso Senhor Jesus Cristo!" (Rm 7.25).

Lembra da história de Esaú e Jacó? No final, vemos o agir de Deus na vida desses dois irmãos, restaurando e unindo novamente aquela família. Não se esqueça, Deus nos enviou o Espírito Santo para ser o nosso guia! Mas a decisão de sermos guiado por Ele e de obedecer a Palavra de Deus é inteiramente nossa. Esaú abriu mão de sua vingança para retomar a sua amizade com o seu irmão. Comece a mudar nas pequenas decisões dentro de casa, ao responder sim ou não ao pedido dos seus pais e irmãos.

Viva diferentes a escolha é nossa
Quantas vezes a desobediência a Deus não lhe pareceu algo tão bom? Afinal, qual é o problema em uma mentirinha? Em "colar" na prova? Ou fingir que se esqueceu de algo só porque não estava a fim de fazer? Ou de repetir algo que é errado só porque você viu seus pais fazendo?
Paulo escreveu em uma de suas cartas, como vimos, contando sobre a luta entre fazer o bem e o mal. Sabemos que não é tão fácil quanto parece viver a vida fazendo o bem, mas temos o auxílio do Espírito Santo para nos ajudar. O que não podemos é nos enganar. Podemos enganar os nossos professores, os nossos pais, os amigos e até a nós mesmos, mas a Deus, aquEle que conhece o nosso coração e sabe das nossas verdadeiras intenções, jamais enganaremos.

Podemos sim buscar uma vida verdadeira e sob a direção da vontade de Deus, pois não precisamos viver reproduzindo os erros que vemos em nossa família e em nós mesmos. Deus nos chamou a viver a vida em família conforme a sua vontade. Afinal de contas, a escolha é nossa!

CONCLUSÃO
Apesar da natureza humana se colocar contrária à vontade de Deus, Ele nos enviou o Espírito Santo, pelo qual podemos viver uma vida diferente, seguindo a vontade divina. Não se deixe levar pela natureza humana, mas se coloque em submissão a vontade de Deus.

RECAPITULANDO
Deus fez o homem conforme a sua imagem e semelhança, mas o homem se deixou seduzir pelo pecado e passou a ser dirigido, não pelo desejo colocado por Deus em seu coração, mas pela natureza humana vontade do Espírito de Deus.

Essa natureza corrompida leva diversos problemas paro dentro da família. Mas sabemos que podemos viver de maneira diferente, pois Deus já nos enviou o Espírito Santo para ser o nosso auxiliador, aquEle que ficará para sempre ao nosso lado e nos ajudará a permanecer fazendo a vontade de Deus!
Na aula de hoje, aprendemos que viver uma vida diferente e conforme a vontade de Deus deve ser uma escolha nossa. Ni' reproduzir os erros presentes em nossa família. Digamos "sim!" ao projeto de Deus para a família!

REFLETINDO
- O QUE VOCÊ PODE FALAR SOBRE A NATUREZA HUMANA?
- O ESPÍRITO DE DEUS PODE AJUDAR VOCÊ DE QUE MANEIRA?

- DE QUEM É A ESCOLHA PARA SEGUIR A VONTADE DE DEUS OU A NATUREZAHUMANA?
 
Top