Anuncios

 

Obs. Lições Bíblicas de Adolescentes – 2°tri. De 2016 – CPAD
TEXTO BÍBLICO
Gênesis 37.1-36
Destaque
"No que depender de vocês, façam todo o possível para viver em paz com todas as pessoas" (Rm 12.18).

LEIA TAMBÉM:

Trocando ideias
Seria legal Deus fazer todos os seres humanos iguais? Já pensou se todas as flores fossem da mesma cor? E se todo alimento tivesse o mesmo sabor? Deus criou o planeta Terra com diversidade e é esta diversidade que nos dá uma personalidade única e isso é maravilhosa.  Você já reclamou das diferenças em que viu em outras pessoas?

Clique e acesse
ESTUDANDO A BÍBLIA
Quantas pessoas fazem parte da sua família?
Todas são iguais?
Muito provável que a resposta seja: NÃO! Por isso, conviver com pessoas diferentes de nós implica viver em família.

Nesta lição, estudaremos a história de José e seus irmãos. Um contexto de conflitos de pensamentos, de gerações e de sonhos a serem realizados.

Neste contexto, veremos o quanto uma família pode chegar a conflitos intermináveis. Que haja sabedoria em você! Seja sábio, um instrumento de Deus para trazer a paz em meio às dificuldades da sua família.

SOU DIFERENTE, E DAI?
Já percebeu como é difícil conviver com outras pessoas?
Cada uma tem uma perso­nalidade, uma maneira de pensar, um gosto diferente etc. Isso não é privilégio, pois esse fenômeno acontece com todo mundo! A di­versidade de cada ser humano é um presente de Deus para a humanidade. Ele nos dá a liberdade de escolher o que desejamos ser na vida. Em Jesus, fomos chamados para ter uma vida em abundância, vivendo a liberda­de nEle e com Ele.
Não há problema em sermos diferentes. Na verdade, o que precisamos aprender é a viver na liberdade que Jesus nos deu e con­forme Ele deseja que vivamos.
Cada pessoa tem um jeito, uma forma de ser e de viver. E dessa maneira diversa é que a nossa vida passar a ser um sinalizador da vontade de Deus, tanto dentro da nossa família quanto fora dela.
Já que ser diferente é normal, então o que precisamos compreender?

Uma valiosa lição que você deve apren­der para o resto da vida é a de se relacionar com todos os tipos de pessoas sem deixar se influenciar por aquilo que não é bom. O apóstolo Paulo disse: "Examinem tudo, fi­quem com o que é bom" (l Ts 5.21). Em nossa família existem pessoas diversas, de um jeito distinto. Devemos aprender a conviver com elas da maneira que o Senhor Jesus nos ensinou: viver em amor e compreensão, em paz e no centro da vontade de Deus. Assim, aprenderemos e assimilaremos somente o que é bom para nós.

A DIFERENÇA COMO PRESENTE
A Palavra de Deus nos mostra o aspecto diverso de o Altíssimo criar o mundo. Em sua natureza criada há vegetações, animais e tudo quanto é vida orgânica para mostrar a beleza plural que embeleza o mundo em que vivemos. A ão de Deus atuou nesta diversidade e beleza de sua criação. Com o ser humano, a coroa da sua criação, seria diferente?

Quando olhamos para o ser humano e constatamos o grau de múltiplas formas de pensamentos, diversos aspectos da sua personalidade e tantas outras subjetividades, nosso podemos considerar esse ser humano como um ser diverso e múltiplo criado para a glória de Deus (Gn 1.27).

Entretanto, nem tudo é belo e bom. Não podemos esquecer que neste mundo vivemos sob a influência do pecado, o que quer dizer que nem toda a diversidade presente nos seres humanos reflete a vontade plena de Deus. Sim, Deus criou a diversidade, mas também é verdade que o pecado deformou a perfeita criação de Deus, gerando essa mistura sem fim de coisas que geram destruição para a vida humana (Gn 3.1-6, 22-24).

Então como saber se o modo como estamos vivendo está de acordo com a vontade de Deus? Em primeiro lugar, devemos saber se temos seguido os passos de Jesus. Ele nos diz no Evangelho de João que apenas somos seguidores de Jesus se fizermos o que Ele pede (Jo 15.10-12). Você tem atendido o que Jesus lhe pediu? Se sim, fique tranquilo, você será muito útil para Deus do jeito que é. Mas se não, decida hoje mesmo obedecer ao Senhor em seu coração.

Ele nos quer fazendo a sua vontade, pregando as Boas Novas portado o mundo, principalmente dentro da nossa casa e não apenas nos evangelismos e nas viagens missionárias.

TODOS SÃO DIFERENTES E AGORA?
Todos são diferentes, você poderia pensar que ficou complicado! Sim, você tem razão! Mas para lidarmos com todas essas diferenças temos a ajuda do Espírito Santo. Ele pode nos ajudar a melhorar a maneira como nos relacionamos com as outras pessoas, seja com os nossos pais, com os nossos irmãos ou com os nossos amigos.

Marque atitudes que contribuem para a harmonia familiar:
( ) Se colocar no lugar do outro.
( ) Querer que suas vontades sejam sempre atendidas.
( ) Ajudar nas tarefas de casa.
( ) Desobedecer aos pais.
( ) Querer que todos os outros membros da família pensem e  ajam como você.
( ) Entender que as pessoas são diferentes, não melhores ou piores.

Escreva algumas atitudes que não contribuem para que você viva em paz com a sua família.

Muitas vezes, dentro da família, as diferenças levam-nos às consequências trágicas. Você conhece a história de José? Ele era alguém bem diferente dos seus irmãos, pois era o filho mais novo de Jacó, tinha sonhos e expectativas que o distanciava de seus irmãos. Certa vez, a situação f içou tão complicada na família de José que os seus irmãos se deixaram levar pela inveja e maldade e o venderam como escravo para outro povo (Gn 37.26-29). Porém, Deus transformou o que era uma história trágica em uma salvação para o povo de Israel. Como isso foi possível?

José se deixou usar por Deus e não foi levado pelo sentimento de vingança. Assim, ele superou a situação adversa e foi o homem usado pelo Altíssimo para salvar a sua família, incluindo os irmãos que o haviam vendido (Gn 45.1-14).

Se relacionar bem com os outros depende de nós, Jesus nos tirou do lugar de conforto ao nos ensinar que devemos amar não apenas os nossos amigos, mas, sobretudo, amar os que nos têm como inimigos (Mt 5.44). Como filho de Deus em sua casa, você deve buscar se relacionar bem e com sabedoria com toda a sua família. Peça ajuda a Deus para que Ele mude a história da sua casa e transforme o que é problema em salvação. Se deixe usar como canal de transformação dentro da sua família!

CONCLUSÃO
Deus criou um mundo cheio de diversidade, incluindo a diversidade humana dentro da nossa família. Cabe a nós sermos amigos de Deus, e agir conforme a sua vontade, trazendo harmonia e comunhão aonde os nossos pés tocarem.
Momentos de conflitos e adversidades são comuns e não poucos. Mas cabe a você buscar em Deus sabedoria para fazer de seu lar um lugar de paz, onde todos venham desfrutar de um relacionamento de harmonia e respeito.

REFLETINDO
1. A sua família costuma viver em paz?
2. O que faz com que a sua família perca a paz?
3. Você está disposto a promover a paz como a sua família?


 
Top