Anuncios

 


17 de Julho de 2016
Texto Áureo
"Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria e até aos confins da terra." (At 1.8)

  VEJA O SUBSÍDIO EM VÍDEO
Verdade Prática
A Igreja de Cristo, em virtude de sua natureza e vocação, é a agência evangelizadora e missionária por excelência.

LEITURA DIÁRIA
Segunda – Mt 28,19,20: A grande comissão da Igreja: evangelizar o mundo
Terça – At 1.8: Revestidos para evangelizar o mundo
Quarta – At 2.41: A Igreja nasce ganhando almas
Quinta – At 4.18-20: Evangelizar: um mandato soberano de Deus
Sexta – At 8.1-4: Evangelizando mesmo em meio à perseguição
Sábado – At13.1-12: Antioquia, igreja missionária

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
Atos 1.1-14
1 FIZ o primeiro tratado, ó Teófilo, acerca de tudo o que Jesus começou, não só a fazer, mas a ensinar,
2 Até ao dia em que foi recebido em cima, depois de ter dado mandamentos, pelo Espírito Santo, aos apóstolos que escolhera;
3 Aos quais também, depois de ter padecido, se apresentou vivo, com muitas e infalíveis provas, sendo visto por eles por espaço de quarenta dias, e falando das coisas concernentes ao reino de Deus.
4 E, estando com eles, determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem a promessa do Pai, que ( disse ele ) de mim ouvistes.
5 Porque, na verdade, João batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias.
6 Aqueles, pois, que se haviam reunido perguntaram-lhe, dizendo: Senhor, restaurarás tu neste tempo o reino a Israel?
7 E disse-lhes: Não vos pertence saber os tempos ou as estações que o Pai estabeleceu pelo seu próprio poder.
8 Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra.
9 E, quando dizia isto, vendo-o eles, foi elevado às alturas, e uma nuvem o recebeu, ocultando-o a seus olhos.
10 E, estando com os olhos fitos no céu, enquanto ele subia, eis que junto deles se puseram dois homens vestidos de branco.
11 Os quais lhes disseram: Homens galileus, por que estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir.
12 Então voltaram para Jerusalém, do monte chamado das Oliveiras, o qual está perto de Jerusalém, à distância do caminho de um sábado.
13 E, entrando, subiram ao cenáculo, onde habitavam Pedro e Tiago, João e André, Filipe e Tomé, Bartolomeu e Mateus, Tiago, filho de Alfeu, Simão, o Zelote, e Judas, irmão de Tiago.
14 Todos estes perseveravam unanimemente em oração e súplicas, com as mulheres, e Maria mãe de Jesus, e com seus irmãos.

HINOS 16,147,149 da Harpa Cristã
Revista E-book Subsídios EBD – edição 5. Páginas 3 a 13. Você encontrará subsídio completo para enriquecer a sua lição. Clique AQUI


OBJETIVO GERAL
Explicar que proclamar Cristo é a tarefa prioritária da Igreja.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Apresentar a fundamentação evangelizadora da Igreja.
Mostrar que a evangelização é missão prioritária da Igreja.
Saber que Antioquia era uma igreja missionária.
• INTERAGINDO COM O PROFESSOR
A Igreja do Senhor tem uma missão social e educativa para cumprir neste mundo porém a sua missão principal sempre será a evangelização. Infelizmente, muitas igrejas já não dão a devida importância à ordenança de Cristo para a sua Igreja (Mt 28.19,20).

Muitos estão preocupados apenas em erguer grandes templos. É importante ressaltar que não há nada de errado em erguer um templo bonito e confortável para cultuarmos ao nosso Deus. O que não podemos é utilizar todos os nossos recursos e energia somente em uma construção, demando de lado a pregação do Evangelho. Nenhuma outra atividade ou evento é mais importante e urgente do que ganhar almas para Cristo. Que cada crente venha cumprir com a sua tarefa evangelística, pois o mundo quejaz do maligno carece da Verdade que liberta — Jesus Cristo. Mas como ouvirão se não há quem pregue?
Aproveite este trimestre para despertar nos seus alunos o desejo de evangelizar e ganhar vidas para o Senhor Jesus.


INTRODUÇÃO
A Igreja de Cristo é a agência evan­gelizadora por excelência. Desde a sua fundação, no Dia de Pentecostes, até hoje, ela é conhecida, antes de tudo, por seu amor às almas perdidas. Se ela, por conseguinte, descumprir a sua tarefa básica, em breve perderá a sua condição de Corpo de Cristo, reduzindo-se a uma mera organização humana.

Nesta lição, veremos que, frente à Grande Comissão, não temos alternativa senão cumprimos plenamente o ide de Jesus. Nossos dias exigem um retorno imediato, ousado, enérgico e amoroso à missão evangelizadora da Igreja. Menos que isso é inaceitável.


PONTO CENTRAL
A missão su­prema da Igreja de Cristo é a evangeliza­ção.

I- A FUNDAÇÃO EVANGELIZADORA DA IGREJA

Após a sua ressurreição, Jesus per­maneceu com os discípulos por quarenta dias, durante os quais os instruiu acerca da fundação pentecostal da Igreja e sobre a evangelização mundial.

1. A resposta escatológica.
Pouco antes de sua ascensão, Jesus foi inquirido por seus seguidores quanto ao futuro de Israel. O Senhor, porém, conscientiza-os de que, naquele momento, a sua preocupação não deveria ater-se aos últimos dias, mas ao que estava prestes a acontecer: "[...] Não vos pertence saber os tem­pos ou as estações que o Pai estabeleceu pelo seu próprio poder" (At 1.7).
Não há tempo a perder. Sabemos que em breve Jesus virá, e precisamos evangelizar hoje.

2. A resposta pentecostal.
A respos­ta do Senhor aos seus discípulos não foi apenas escatológica, mas pentecostal:  Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me--eis testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria e até aos confins da terra" (At 1.8).

Sem o poder do Espírito Santo, os discípulos jamais poderiam cumprir, em sua plenitude, o mandato evangelizador da Igreja. Eles teriam de testemunhar em ambientes hostis, como Jerusalém; em lugares nada amistosos, como Samaria; e, finalmente, até os confins da Terra. Portanto, o poder do Espírito Santo era-lhes imprescindível.

3. A fundação da Igreja.
Passados dez dias, desde a ascensão do Senhor, os discípulos achavam-se reunidos, num só lugar, quando veio o Espírito Santo sobre eles. Revestidos de poder, passaram a falar noutras línguas, dando ocasião à primeira colheita de almas da Igreja (At 2.1-4,41).
A fundação da Igreja foi pentecostal e evangelizadora. Isso significa que só viremos a cumprir plenamente a Grande Comissão se buscarmos e vivermos no poder do Espírito Santo. Sem o poder do Espírito Santo, a evangelização jamais será eficiente (Lc 24.49).


SÍNTESE DO TÓPICO l
A fundamentação evangelizadora da Igreja foi estabelecida pelo Senhor Jesus antes de Ele ascender aos céus.

SUBSÍDIO TEOLÓGICO
A Igreja e Missões

A evangelização do mundo é o imperativo do Novo Testamento.
O evangelho deve ser proclamado [anun­ciado] entre todas as nações (Mc 13.10, tradução livre).  O Advogado â realizar a tarefa é o Espírito Santo, enquanto que a instituição escolhida divinamente para a proclamação é a igreja de Jesus Cristo, Essas são afirmações sérias e bíblicas.

Até mesmo uma leitura superficial do Novo Testamento irá convencer o leitor da relevância da igreja na atual administração de Deus, Cristo amava a igreja e deu-se a si mesmo por ela. Somos assegurados de que no mo­mento Ele está edificando sua igreja e que, por fim, irá "apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula nem ruga, mas santa é irrepreensível, Tudo isso está de acordo com o propósito eterno que Deus tinha em Cristo Jesus nosso Senhor; 'Para que agora, pela igreja, a multiforme sabedoria de Deus seja conhecida dos principados e potestades nos céus» segundo o eterno propósito que fez em Cristo Jesus nosso Senhor* (Ef 5.25-27; 3.10,11).

A igreja é a geração eleita, sacerdó­cio real, nação santa e povo adquirido por Deus, O propósito desse grande cha­mado é que a igreja exponha as virtudes dEle, que a tirou da escuridão para sua maravilhosa luz, A igreja é uma criação proposital em Cristo Jesus; ela é o corpo de Cristo (sua manifestação visível) do Espírito Santo. Ela foi criada no dia de para personificar o Espírito na do propósito de Deus mundo.

Missões não é uma imposição feita à igreja, pois faz parte de sua natureza e deveria ser tio natural para ela quanto as uvas sio naturais para os galhos que sã dependuram no vinhedo» Missão ''flui da constituição, do caráter,"chamado e da igreja" (PETERS, Ceorge W, Bíblica de Missões 1ed. Rio dê Janeiro: CPAD, 2000, p, 244).


CONHEÇA MAIS
Recebereis a virtude (At 1.8)
"O termo original para Virtude' é dunamis, que significa poder real; poder em ação. Esse é o versículo-chave do livro de Atos. O propósito principal do batismo no Espírito Santo é o recebimento de poder divino para testemunhar de Cristo, para ganhar os perdidos para Ele, e ensinar-lhes a observar tudo quanto Cristo ordenou. Sua finalidade é que Cristo seja conhecido, amado, honrado, louvado e feito Senhor do povo de Deus". Para conhecer mais leia Bíblia
de Estudo Pentecostal, CPAD,

II - A MISSÃO PRIORITÁRIA DA IGREJA

Quando a Igreja evangeliza, cum­pre integralmente a sua missão, pois integralmente promove o ser humano.

1. Evangelização.
A igreja, tão logo foi estabelecida, saiu de imediato a proclamar o Evangelho, pois ganhar almas é a sua prioridade máxima. Quan­to mais evangelizava, mais o Senhor operava sinais, prodígios e maravilhas (At 4.29,30). A oração daqueles crentes pela evangelização do mundo era tão poderosa, que, certa vez, fez tremer o lugar onde estavam reunidos (At 4.31). A igreja precisa manter o pentecostes genuíno: sem misticismos, sincretismos e sem alvos mercadológicos.

Por conseguinte, nenhum evento eclesiástico é tão importante quanto a evangelização. A Igreja deve sair às ruas, aos becos e às comunidades pobres e esquecidas, a fim de anunciar a Cristo a todos, em todo tempo e lugar.

2. Missões em Atos.
A Igreja Primitiva não demorou a fazer missões. Após a dispersão dos crentes de Jerusalém, Filipe desceu a Samaria, onde com poder e ousadia, pregava o Cristo ressurreto. As multidões ficavam atentas ouvindo a mensagem pregada por Filipe e os sinais que ele fazia (At 8.6,7).

Em seguida, os discípulos chegaram a Antioquia que, conforme veremos, seria conhecida como a igreja missionária. De ação em ação, a Igreja de Cristo veio a alcançar, em apenas uma geração, os luga­res mais remotos daquela época (Cl 1.6).

3. Promoção social.
A Igreja Primitiva encarregava-se de promover os novos convertidos integralmente. Ela não se descuidava das necessidades dos pobres e necessitados; amorosamente as supria. Se, por um lado, dava-lhes o pão do céu, por outro, não lhes negava o pão que brota da terra. Isso é evangelização integral.

SÍNTESE DO TÓPICO II
A evangelização é a missão prio­ritária da Igreja de Cristo.

SUBSÍDIO TEOLÓGICO
À medida que revisamos o man­dato da Grande Comissão, podemos resumir a tarefa da igreja em várias afirmações que apresentam o padrão e o propósito de missões, A Grande Comis­são declara enfaticamente a soberania do Senhor e assume completamente a singularidade, finalidade, suficiência, integridade universalidade, e o aspecto inclusivo e exclusivo do Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo.
A igreja cristã tem â solene obriga­ção de fazer o seguinte:
1. Apresentar a Cristo de forma viva, clara, e persuasiva ao mundo t ao indivíduo como o Salvador enviado por Deus, o Senhor soberano do Universo e _ futuro Juiz da humanidade.

2. Guiar os povos a uma de fé com Jesus Cristo a fim de que possam experimentar perdão dos e re­novação de vida, O homem deve nascer novamente, se quiser herdar vida e amizade eterna com Deus.

3. Separar e congregar os crentes através da realização do batismo, es­tabelecendo-os em igrejas atuant.es, O companheirismo constitui uma parte vital da vida cristã.

4. Firmar os cristãos na doutrina, nos princípios e nas práticas da vida, amizade e serviço cristão, ensinando-os a observar todas as coisas, Isso é instru­ção, a criação de discípulos cristãos, a cristianização do indivíduo.

5. Treiná-los a viver no Espírito Santo, Já que a vida cristã contém exi­gências e ideais sobrenaturais, ela só pode ser vivida através de uma confiança plena no Espírito Santo. Se as lições não forem aprendidas cedo, a vida crista fica cercada de frustração e torpor; a apatia instala-se, ou as pessoas acomodam-se a uma vida cristã anormal Essa é a tra­gédia de inumeráveis cristãos que nem mesmo esperam concretizar os ideais bíblicos" (PETERS, George W, Teologia Bíblica de Missões, led. Rio de Janeiro: CPAD, 2000, p, 260).
Lições Bíblicas do 3° tr. De 2016 – Classe de Adultos
Blog: Subsídios EBD – Partilhando o evangelho

III - ANTIOQUIA. IGREJA MISSIONÁRIA

Não sabemos quem fundou a igreja em Antioquia. Aqueles obreiros anóni­mos, porém, souberam como edificá-la na Palavra de Deus e no poder do Espírito Santo. Dentre os seus mem­bros, saíram os primeiros missionários transculturais do Cristianismo.

1. Uma igreja completa.
Em An­tioquia, o ministério era completo. Ali, havia profetas e doutores (At 13.1). Eles souberam como preparar a igreja para evangelizar os gregos, romanos e bárbaros.
A obra missionária deve ser nossa prioridade, ou não conseguiremos dar cumprimento à Grande Comissão.

2. Uma igreja missionária.
Enquan­to a igreja e os seus obreiros oravam, jejuavam e serviam ao Senhor, disse o Espírito Santo: "Apartai-me a Barnabé e a Saulo para a obra a que os tenho chamado" (At 13.2). De imediato, o ministério local impôs as mãos sobre os novos missionários, despedindo-os sob os cuidados do Senhor.
A partir daquele momento, a Igreja de Cristo, irradiando-se a partir do Oriente Médio, universaliza-se até chegar a você e a mim.


SÍNTESE DO TÓPICO III
Antioquia era uma igreja que tinha uma visão missionária bíblica. De Antioquia saíram os primeiros missio­nários transculturais do cristianismo.

SUBSÍDIO BÍBLICO-TEOLÓGICO
Os despediram (At 13.3)
Com estas palavras começa o gran­de movimento missionário da igreja "até aos confins da terra' (At 1.8). Os princí­pios missionários vistos no capítulo 13 de Atos são um modelo para todas as igrejas que enviam missionários.

(1) A atividade missionária é ori­ginada pelo Espírito Santo, através de líderes espirituais que estão profunda­mente dedicados ao Senhor e ao seu reino, buscando-o com oração e jejum.

(2) Â Igreja deve estar atenta ao ministério e ativídade proféticos do Espírito Santo e sua orientação.

(3) Os missionários que são en­viados, devem fazê-lo segundo a chamada e a vontade específica do Espírito Santo.
(4) Mediante a oração e o jejum, a igreja, buscando constantemente estar em harmonia com a vontade do Espírito Santo, confirma a chamada divina de determinadas pessoas à obra missionária. O propósito é que a igreja envie somente aqueles que forem da vontade do Espírito Santo.
(5) Pela imposição de mãos e o envio de missionários, a igreja indica que se compromete a sustentar e assistir os que saem à obra. Â responsabilidade da igreja que envia missionários inclui demonstrar amor e cuidado para com eles de um modo digno de Deus, orar por eles e sustentá-los financeiramente, isso inclui ofertas especiais de amor para necessidades específicos deles. O missionário é uma projeção do propósito, interesse e missão da igreja que os envia. Essa igreja fica sendo, portanto uma cooperadora da verdade (Bíblia de Estudo Pentecostal Rio de Janeiro: CPAD, pp. 1659,1660).
Lições Bíblicas do 3° tr. De 2016 – Classe de Adultos
Blog: Subsídios EBD – Partilhando o evangelho

CONCLUSÃO
A missão da Igreja de Cristo é evangelizar. Retornemos, pois, ao cenáculo, a fim de que, no poder e na virtude do Espírito Santo, alcancemos os confins da Terra. Nenhum evento, enfatizamos, é mais importante e urgente do que ganhar almas para Cristo. Pense nisto. Busque ganhar para Jesus aqueles que estão morrendo sem ter esperança de ver Deus.

PARA REFLETIR
A respeito da igreja como agência evangelizadora, responda:
• Por que a Igreja é a agência evangelizadora por excelência?
Porque Cristo estabeleceu a Igreja e deu a ela uma missão suprema, anunciar o Evangelho a toda criatura.
• O que recomendou Cristo aos apóstolos antes de ser levado aos céus?
Leia Atos 1.8.
• Como a Igreja Primitiva evangelizava?
A Igreja Primitiva não se descuidava das necessidades dos pobres e necessitados. Se, por um lado, dava-lhes o pão do céu, por outro, não lhes negava o pão que brota da terra.
• Por que Antioquia é conhecida como a igreja missionária?
Porque de entre os seus membros saíram os primeiros missionários trans-culturais do Cristianismo.
• Quando a Igreja começou a universalizar-se?
Quando a igreja de Antioquia, orientada pelo Espírito Santo, enviou os primeiros missionários. A partir daquele momento, a Igreja de Cristo, irradiando-se a partir do Oriente Médio, universaliza-se até chegar a nós.
Revista E-book Subsídios EBD – edição 5. Páginas 3 a 13. Você encontrará subsídio completo para enriquecer a sua lição. Clique AQUI


Blog: Subsídios ebd
A ferramenta de Pesquisas e Estudos dos Professores e Alunos da Palavra de Deus" (sub-ebd.blogspot.com.br). 
ATENÇÃO! Se você usar este estudo em site ou blog, deverá usar também este nosso roda pé.

 
Top