Anuncios

 

A fim de que cada professor tenha uma ideia das características comuns às diversas etapas do desenvolvimento humano, e de como se orientar em relação a elas, colocamos, a seguir, de maneira resumida, essas características, bem como a recomendações pertinentes a cada etapa.
BERÇÁRIO (2-3 ANOS)
Características Físicas
Rápido crescimento. Os sentidos físicos estão em pleno funcionamento. Gostam de ver, tocar e ouvir. Apreciam barulho, principalmente os ritmados. Grande atividade e cansaço rápido.



Recomendações ao Professor
Enriquecer o ensino com ilustrações; utilizar muita cor. Propiciar situações que permitam mudanças de atividades. Fornecer material que possa ser manuseado. Utilizar hinos e corinhos com rima e com bastante ritmo.
Características Mentais
Aquisição da linguagem, com vocabulário limitado. Nos desenhos, fase das garatujas. Aprendizado a partir de coisas concretas, que podem ser vistas, tocadas e percebidas. Imaginação fértil e muita curiosidade. Diminuto período de atenção (3 minutos).
Recomendações ao Professor
Permitir que se expressem por palavras e através do desenho. Propiciar condições para que possam tocar e sentir. Utilizar estórias nas quais possam participar como personagens. Variar bastante as atividades, aproveitando os curtos períodos de atenção.
Características Sociais
Período narcisista. A criança é egoísta e o centro de seu próprio mundo. É captativa (quer tudo para si). Brincam sozinhas ou em grupo de 2 componentes. São afetuosas e carentes de amor. Apresentam sentimentos de raiva e de frustração. Gostam de música e aprendem a imitar.
Recomendações ao Professor
Estimular a formação de hábitos, como a oração, obediência e compartilhamento. Ensinar a prática do amor cristão. Demonstrar esse amor nas atitudes, perante as crianças.
PRÉ-ESCOLARES (4-5 ANOS)
Características Físicas
Rápido crescimento e desenvolvimento muscular. Certa debilidade ainda na coordenação dos movimentos; muita atividade física, apesar disso. Boa dose de agressividade. Cansaço fácil.
Recomendações ao Professor
Estimular atividades em que haja movimentação. Permitir que aprendam fazendo. Variar as técnicas de ensino.
Características Mentais
Ainda muita inquietação e curiosidade. No desenho, passam pela fase esquemática. Vocabulário aumentado, mas ainda limitado. Grande imaginação e muita fantasia.
Recomendações ao Professor
Satisfazer a curiosidade, dando atenção às perguntas que fizerem. Estimular a criatividade através de atividades que requeiram o uso da imaginação. Utilizar palavras concretas e de fácil compreensão. Exemplificar com estórias. Dramatizar as narrações.
Características Emocionais
Maravilham-se facilmente com pequenas coisas. Sentem medo de ameaças imaginárias. São grandemente influenciáveis pelo meio ambiente e ressentem-se quando ele é hostil. São dependentes e necessitam de afeto, carinho e segurança. Precisam de compreensão.
Recomendações ao Professor
Propiciar situações nas quais as crianças sintam-se seguras. Dar atenção individual e procurar compreender as naturais inquietações que apresentam. Falar com voz calma e diversificar as atividades. Tornar o ambiente propício à confiança.
Características Espirituais
Credulidade. Crêem em tudo o que lhes é dito. Enxergam a Deus como um pai amoroso, vivo e real. Têm carinho pela Bíblia e oram com naturalidade, contando todas as suas preocupações a Deus. Têm fé genuína.

Clique e acesse
Recomendações ao Professor
Permitir que orem e que falem com Deus. Ensinar como fazê-lo. Ensinar a gratidão e falar sobre o grande amor de Deus. Propiciar ambiente adequado para que sintam essa realidade.
Características Sociais
Predomínio ainda do egocentrismo e da imitação. Gostam de exibir "façanhas" com o objetivo de obter aprovação. São carinhosos, espontâneos e amistosos, quando as condições são propícias.
Recomendações ao Professor
Demonstrar afeto e amizade. Ensinar as virtudes do ato de compartilhar. Incentivar a prática do amor cristão. Ter consciência da necessidade de um bom testemunho e um bom exemplo perante as crianças.
Características Emocionais
São excitáveis e sentem-se ameaçadas com facilidade por temores infundados. Ainda muito dependentes.
Recomendações ao Professor
Fazer com que se sintam amadas e seguras. Compreender suas inquietações. Falar sobre a bondade e o amor de Deus. Permitir que expressem seus sentimentos e ensiná-las a canalizá-los adequadamente.
Características Espirituais
São sinceras no relacionamento com Deus, que para elas é o papai do Céu. Amam-no e confiam nele de todo o coração. Distinguem o certo e o errado. Têm desejo de fazer o que é certo. Sua fé é genuína.
Recomendações ao Professor
Ensinar o relacionamento com Deus através da oração. Propiciar oportunidade para louvor e adoração. Salientar as atitudes corretas e enfatizar a aprovação de Deus por elas. Manifestar sentimentos de reconhecimento pelas suas boas ações.
PRIMÁRIOS (6-8 ANOS)
Características Físicas
O crescimento é mais lento e a criança é ativa; às vezes, impaciente. O egoísmo está diminuído. Surgem as atividades de grupo. Há muita energia que requer diversificação de atividades para preenchimento do tempo.
Recomendações ao Professor
Ensinar a paciência e a tolerância. Propiciar atividades variadas que envolvam o grupo todo. Cuidar para que essas atividades sejam bem orientadas. Promover oportunidades para a livre expressão.
Características Mentais
Muita curiosidade e imaginação. Impaciência acentuada. Grande facilidade para a memorização. Raciocínio concreto. Distinção entre realidade e fantasia. Desenvolvimento do senso de observação. Período curto de atenção. Desenho caracterizado pela transparência e desproporção.
Recomendações ao Professor
Enriquecer o ensino com os fatos e histórias bíblicos. Certificar-se de que a criança está entendendo o que memoriza. Estimular a imaginação, mas cuidar para que fiquem claras as diferenças entre o real e o imaginário. Estimular o raciocínio e a reflexão. Utilizar palavras simples e de significados conhecidos. Empregar ilustrações e recursos audiovisuais.
Características Sociais
Prevalência ainda de atividades individuais, mas também gosto pelas atividades de grupo, que são maiores e composto de elementos do mesmo sexo. Desenvolvimento de um maior auto-controle. Podem disfarçar sentimentos, diante de situações críticas. Imitação.
Recomendações ao Professor
Ensinar a cooperação e a colaboração. Promover atividades de grupo e oportunidades de valorização. Incentivar a livre-expressão e o compartilhamento.



Características Emocionais
Excitabilidade e impaciência. Necessidade de apoio e segurança. Busca de aprovação. Grande sensibilidade. Magoam-se facilmente.
Recomendações ao Professor
Ensinar a confiança em Deus e a paciência. Agir com tranqüilidade e naturalidade. Promover atividades de recreação. Elogiar com sinceridade. Demonstrar senso de compreensão.
Características Espirituais
Fé verdadeira. Confiam sem questionar. São espiritualmente sensíveis e podem ser grandemente prejudicadas, se sofrerem decepções. Desenvolvimento da percepção dos valores. Vêem a Deus como forte e amoroso.
Recomendações ao Professor
Propiciar condições para a oração e o louvor. Ensinar a obediência a Cristo. Ter consciência de que as crianças estão aprendendo com o exemplo de vida do professor. Incentivá-las a experimentar a graça e o amor de Jesus. Apresentar Deus como o Grande Amigo.
INTERMEDIÁRIOS (9-11 ANOS)
Características Físicas
Crescimento lento. Muita atividade. Espírito investigativo; disposição para fazer. Gostos por coisas arriscadas e pela competição. Muita energia e quase ausência da fadiga. Instinto de coleção.
Recomendações ao Professor
Procurar diversificar as atividades ao máximo. Incentivar atividades ao ar livre. Permitir a participação de todos na aula. Permitir que façam as tarefas.
Características Mentais
Gosto pela leitura, memória viva, aumento da capacidade de concentração e ânsia pelo saber. Muitas perguntas. Quanto ao desenvolvimento gráfico, começam a criticar os próprios desenhos. Início das dúvidas. Querem saber a razão das coisas.



Recomendações ao Professor
Proporcionar atividades de leitura. Selecionar boa literatura. Incentivar o gosto pela leitura da Bíblia. Certificar-se de que entendem o que lêem e o que decoram. Raciocinar com elas; ativar-lhes a memória. Dirimir suas dúvidas com paciência e carinho. Tenha consciência de que estão o tempo todo aprendendo com o exemplo e com as atitudes do professor.
Características Sociais
Formação dos clubes. Interesse pelas atividades de grupo. Sentimento do que é justo. Consciência da posição social dentro da classe. Desejo de ter cartaz entre os colegas e junto ao professor. Lealdade.
Recomendações ao Professor
As classes devem ser separadas, pois os interesses dos meninos são diferentes dos interesses das meninas. Promover atividades que despertem o sentimento de grupo. Educá-los para o reconhecimento das boas ações e do bom relacionamento para com o próximo. Tratá-los com tato para não ferir seu desejo de aprovação social. Usar de muita simpatia nessa fase, especialmente.
Características Emocionais
Têm menos temores, mas aprendem também a disfarçar o medo, a conter a cólera, a reprimir o choro e a controlar suas alegrias. Às vezes, demonstram confusão de sentimentos. Não apreciam manifestações efusivas de afeição. Gostam de divertir-se com tudo. Fazem brincadeiras, com facilidade.
Auxiliá-los a controlar seu gênio, incentivá-los a não terem receio de mostrar seus sentimentos. Procurar ser um líder democrático. Propiciar situações nas quais eles se sintam amados. Contar histórias de heróis.
Características Espirituais
Idade propícia para serem conduzidos a Cristo, se ainda não são crentes. Têm fé genuína e simples. Amam a Jesus como Salvador, Herói e Amigo. Possuem padrões elevados e preocupam-se com os seus semelhantes.
Recomendações ao Professor
Determinar alvos para o estudo da Bíblia. Incentivar a solidariedade e enfatizar a importância de se viver uma vida plena, com a ajuda de Deus. Guiá-los a Cristo e ensinar a confiança em suas promessas. Apresentar Deus como o Grande Amigo.
PRÉ-ADOLESCENTES (12-14 ANOS)
Características Físicas
Nova fase de rápido crescimento. Época de grandes mudanças físicas e mentais. Problemas de pele e mudança no timbre de voz. Explosões de energia alternadas com períodos de cansaço. Consciência do corpo e do sexo.
Recomendações ao Professor
Proporcionar oportunidades para desfrutarem de uma visão cristã sobre os fatos da vida. Estimular a oração constante a Deus e a firme confiança em suas promessas, para controle e equilíbrio. Promover discussões e atividades nas quais possam participar ativamente.
Características Mentais
Raciocínio inquiridor, aparecimento dos devaneios. Ansiedade controlada, na busca de respostas. Surgimento da razão e também das dúvidas. Rebeldia e questionamentos.
Recomendações ao Professor
Incentivar o compartilhamento dos sentimentos. Ressaltar o cuidado que se precisa ter para com as opiniões e os valores das pessoas, antes de aceitá-los. Estabelecer alvos e confiar a eles responsabilidades para o seu atingimento. Procurar ser um líder do tipo pedagogo, que justifica as ordens e as orientações transmitidas.
Características Sociais
Aumento do sentimento de grupo; formação das turminhas. Companheirismo. Desejo de independência. Desejo de variedades e de emoções intensas. Aparecimento de forte sentimento de justiça e lealdade. Gosto por caçoar e fazer troça.
Recomendações ao Professor
Organizar atividades com o grupo todo. Estimulara participação e a cooperação. Exteriorizar comportamentos que expressem o reconhecimento pelas necessidades deles. Estimular a oração e a prática da Palavra de Deus.
Características Emocionais
Instabilidade emocional. Alternância de períodos de grandes alegrias com períodos de grande abatimento. Época dos devaneios e das tempestades em copo d'água. Rebeldia, ânsia por liberdade e mau humor. Surgem os confidentes, normalmente do mesmo sexo e de idade aproximada.
Recomendações ao Professor
Demonstrar compreensão, firmeza e amabilidade. Levá-los à dependência de Deus, em suas necessidades. Procurar conscientizá-los a ser moderados e a desenvolver a paciência. Tratá-los com carinho e tato.
Características Espirituais
Época crucial. Necessidade de apoio e orientação. Surgimento de dúvidas e aumento da sensibilidade para com as coisas espirituais. Caso ainda não sejam crentes, época propícia à conversão.
Recomendações ao Professor
Apoiá-los e orientá-los no desenvolvimento de atividades cristãs apropriadas para jovens. Incentivá-los a tomar parte ativa no culto. Levá-los a buscar a orientação de Deus e a depender do auxílio do Espírito Santo na solução de seus problemas. Procurar ser amigo e conselheiro. Deus deve ser apresentado como o verdadeiro alvo.
ADOLESCENTES (15-17 ANOS)
Características Físicas
Maturação. Término da fase desajeitada. Períodos de grande atividade alternados com outros de muito sono.
Recomendações ao Professor
Levá-los a depender de Cristo como um verdadeiro auxílio na execução de suas tarefas e responsabilidades. Ensinar princípios cristãos para a auto-compreensão e para a compreensão das demais pessoas.
Características Mentais
Raciocínio inquiridor, idealismo, criatividade. Surgimento do senso de independência. Questionamento das idéias dos adultos.
Recomendações ao Professor
Propiciar oportunidades para que façam. Levá-los a desenvolver a capacidade de enxergar todos os ângulos dos problemas. Promover discussões. Aceitar os seus pontos-de-vista e corrigi-los com cuidado, se necessário. Conferir-lhes responsabilidade e auxiliá-los em sua execução.
Características Sociais
Impulsos de independência. Atração pelo sexo oposto; problemas com namoro. Insurgem-se contra a autoridade. Formação dos chamados grupos congeniais (grupos de jovens que têm algum tipo de afinidade e que os leva a se reunir).
Recomendações ao Professor
Propiciar oportunidades para associações sadias. Estabelecer o ensino com base em princípios bíblicos, próprios para a idade. Procurar exercer uma liderança do tipo apóstolo, inspirando nos jovens o desejo de realizar as ações ensinadas.
Características Emocionais
Surgimento do romantismo. Fase de muito devaneio. Instabilidade emocional. Busca de afirmação e forte desejo de aprovação social.
Recomendações ao Professor
Fazer com que se sintam aceitos e compreendidos. Proporcionar oportunidades para discussão de seus problemas. Ajudá-los e incentivá-los a depender da ajuda de Deus. Aconselhá- los com amor cristão. Evitar críticas.
Características Espirituais
Fase das dúvidas e dos questionamentos mais intensos. Busca de segurança e da compreensão racional dos fatos. A fé é colocada em dúvida. A cosmovisão é ampliada. Uma vez vencido o conflito, apresentam grande capacidade de uma intensa vida cristã e desenvolvem, com grande ênfase, o testemunho cristão.
Recomendações ao Professor
Procurar ser um modelo e exemplo com a própria vida. Ensinar mais com as atitudes do que com as palavras. Levá-los a experimentar um Cristianismo verdadeiro, que vai além das palavras. Levá-los a compreender que a Bíblia é a verdadeira Palavra de Deus e que Cristo é real. Enfatizar o exemplo proporcionado pela vida dos jovens da Bíblia. Desenvolver oportunidades para o evangelismo e serviço cristão.
JOVENS (18-24 ANOS)
Características Físicas
O desenvolvimento físico atinge o ápice. Energia física e mental canalizadas para as realizações.
Recomendações ao Professor
Propiciar oportunidades para o serviço cristão. Despertar o interesse para que se tornem cooperadores da obra de Deus.
Características Mentais
Imaginação construtiva, independência intelectual, capacidade de raciocínio; paixões por ideais. Época de grandes decisões. Capacidade para assumir responsabilidades.
Recomendações ao Professor
Levá-los ao descobrimento do plano de Deus para as suas vidas. Incentivá-los na busca de seus ideais. Promover o aprofundamento dos estudos bíblicos. Auxiliá-los no processo de aprendizagem para a vida e na tomada de decisões. Conviver com eles em verdadeiro sentimento de igualdade.
Características Sociais
Definição do modo de vida. Aprofundamento e ampliação das relações. Busca do companheiro para a vida. Época do noivado, casamento. Experiência da paternidade e maternidade. Compromissos com novas responsabilidades e exigências da vida.
Recomendações ao Professor
Promover oportunidades para a ampliação do relacionamento de amizade entre os jovens casais. Incentivar o serviço cristão e a dedicação à obra. Atuar como conselheiro cuidadoso, na ajuda perante os novos encargos da vida.
Características Emocionais
Sentimentos plenamente desenvolvidos. Estabilidade emocional. Perspectivas otimistas para a vida. Interesse no casamento, amor e sexo.
Recomendações ao Professor
Todo o cuidado em promover instrução religiosa sobre o relacionamento conjugal, o lar e a educação dos filhos. O professor deve estar à altura de promover esse tipo de orientação. Caso contrário, encaminhá-los aos cuidados do pastor ou de pessoa de princípios cristãos, reconhecidamente capaz
Características Espirituais
Convicções firmes. Padrões de vida já estabelecidos. Capacidade para grande avanço na vida espiritual. Desejo de envolvimento em projetos e campanhas da igreja. Experiência, como resultado de provas, próprias desta fase.
Recomendações ao Professor
Promova assistência e orientação para seu aproveitamento na obra. Incentive-os na busca de uma vida espiritual plena e cheia de frutos. Propiciar condições e ensino, a fim de que adquiram uma visão da vida e do mundo, de uma perspectiva cristã. Levá-los a desenvolver uma fé firme e a colocar em prática a Palavra de Deus.
ADULTOS (25 ANOS EM DIANTE)
Características Emocionais
Época de maturidade e de realização em todos os aspectos (físico, mental, social, emocional e espiritual). Grande experiência e capacidade de discernimento. Grande senso de responsabilidade, estabilidade nos relacionamentos, desenvolvimento da ambição. Sentido de vida definido. Aprendizado levado a sério.
Recomendações ao Professor
Promover oportunidades para o desenvolvimento do serviço cristão. Conferir- lhes responsabilidades para com o aprendizado e para com as metas de estudo. Promover estudos bíblicos a nível aprofundado. Enfatizar a Bíblia, como verdadeiro guia para a vida.
Ao concluirmos este capítulo, achamos importante lembrar que, por mais bem elaborados que sejamos estudos sobre as características dos alunos, nas diversas etapas de desenvolvimento, sempre haverá exceções. Haverá crianças de sete anos que terão a maturidade de uma criança de dez, ou vice-versa; haverá jovens de 18 anos com a maturidade de um de 25. Haverá velhos de cabelos embranquecidos pelo tempo que demonstrarão ainda o viço da juventude, e assim por diante.
Deus dotou os seres humanos de características diferentes uns dos outros. Essas características são desenvolvidas, levando-se em conta fatores como a hereditariedade, a educação e o meio ambiente. Cada ser humano é único, diante de seu Criador, e merece o respeito de seus semelhantes. A tarefa do educador é, por essa razão, de maior responsabilidade ainda.
O professor deve estar apto a ensinar seus alunos, tanto de maneira coletiva, como individualmente. Faz parte de seu trabalho ensiná-los não apenas pela idade que aparentam, mas, principalmente, pela idade que realmente têm. Estude, portanto, as diversas características relativas a cada idade, mas leve em conta, primeiramente, a pessoa.

 
Top