Anuncios

 

Baal e Aserá eram as principais divindades dos sidônios (1Rs 16.30 – 33). Aqui veremos sobre esses dois nomes.
I. QUEM ERA BAAL
Baal era o deus do trovão, do raio e da fertilidade, e supostamente tinha poder sobre os fenômenos naturais.
Baal era uma divindade cananita (1Rs 16.31). Baal era filho da deusa Aserá.
A longa seca sobre o reino do norte criou as condições necessárias para Elias desafiar os profetas de Baal e provasse que tal divindade não passava de um falso deus (1 Rs 17.1,2; 18.1,2,21,39).
 VEJA TAMBÉM:

1. O significado do nome Baal
A palavra Baal significa proprietário, marido, ou senhor.
 
II. QUEM ERA ASERÁ
Aserá é chamada de Astarote.
Era conhecida pelos profetas como poste-ídolo (1Rs 16.33). Poste-ídolo era uma representação de Aserá feita em madeira. Já postes-Ídolos (no plural) eram imagens de Aserá.
Ela era a mãe de setenta deuses, inclusive  de Baal (Dt 7.5 – B. Anotada).
Ela era a deusa da fertilidade animal, humana e da colheita.

Conclusão
Ouve, Israel, o SENHOR nosso Deus é o único SENHOR (Dt 6.4). Mas, quanto aos... idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte (A 21.8b).
Por: Ev. Jair Alves
Acesse outros estudos do mesmo autor Aqui

 
Top