Anuncios

 

Recentemente, mais um cristão foi sentenciado a cinco anos de prisão por blasfêmia. Uma equipe de advogados está prestando assistência em seus apelos judiciais. Cada vez mais o islã tem se tornado visível no governo da Argélia, o 37º país na atual Classificação da Perseguição Religiosa. A liberdade dos cristãos argelinos está cada vez mais comprometida.


A igreja no país é jovem e quase todos os cristãos são de origem muçulmana. Aqueles que abandonam o islã para seguir o cristianismo enfrentam grande pressão por parte da família e da sociedade, além de serem ameaçados por grupos extremistas islâmicos. Embora o governo esteja investindo contra a militância islâmica, seus líderes políticos usam a religião para punir os cristãos.

Os líderes de igrejas na Argélia tentam preparar os cristãos para a realidade da perseguição, mas é um processo lento e difícil. Quem decide seguir a Jesus Cristo não é livre para frequentar cultos ou reuniões entre irmãos e precisa ter uma vida religiosa secreta para evitar diversos problemas e fugir dos conflitos.

Pedidos de oração
Ore pelo cristão que foi sentenciado por blasfêmia e peça a Deus para que os advogados consigam anular o veredito.
Ore também pela família dele que está apreensiva nesse momento, aguardando os resultados da justiça argelina.
Interceda pelos cristãos perseguidos, em especial por aqueles que estão enfrentando prisões e maus tratos.

13/11/2016 - Com informações Portas Abertas

 
Top