Anuncios

FECHAR
Clique e acesse
 

Todo ser humano tem seu caráter, seja ele bom ou mau, exemplar, ilibado ou indigno, pervertido, ímpio ou santo.

O caráter depende muito das condições em que a pessoa é criada, conduzida ou educada. Diz respeito à conduta do indivíduo, resultante da formação familiar, cívica ou espiritual. Ímpios são pessoas de caráter mau. Há pessoas que cursam todos os níveis de ensino formal, porém seu caráter é pervertido.

 
Há, também, pessoas sem instrução nenhuma, cujo caráter é elevado, digno de ser imitado. Desse modo, o caráter não depende
do grau de instrução, mas, sim, dos princípios e valores que são incutidos na mente de cada pessoa. Enquanto os referenciais do mundo são movediços, instáveis e mutantes, ao sabor do tempo e do lugar, o guia infalível do crente em Jesus é a Palavra de Deus, que é lâmpada para os pés e luz para o caminho (Sl 119.105).
VEJA TAMBÉM
Assim, um crente fiel não só deve fazer diferença, mas seu comportamento também deve ser referencial para a sociedade. Grande é a responsabilidade perante Deus, a igreja e o mundo.
SAIBA MAIS. CLIQUE AQUI
SAIBA MAIS. CLIQUE AQUI

1. O CARÁTER HUMANO E SEU SIGNIFICADO

Segundo o Pastor Antonio Gilberto, caráter “É o aspecto psíquico da personalidade. O caráter é a característica responsável pela ação, reação e expressão da personalidade. É a maneira própria de cada pessoa agir e expressar-se. Tem a ver com a própria conduta.

É a “marca” da pessoa”. O caráter faz parte da personalidade; “É adquirido, não herdado...Resulta da adaptação progressiva do temperamento às condições do meio ambiente: o lar, a escola, a igreja, a comunidade, o estado socioeconômico...” (grifos nossos). Sem sombra de dúvidas, o caráter está aliado à ética de cada pessoa.
 
2. O CARÁTER E A PERSONALIDADE

Segundo Ballone, “A personalidade é formada durante as etapas do desenvolvimento psicoafetivo pelas quais passa a criança desde a gestação. Para a sua formação, incluem tanto os elementos geneticamente herdados (temperamento) como também os adquiridos do meio ambiente no qual a criança está inserida”. A personalidade é construída. “A organização dinâmica dos traços no interior do eu, formados a partir dos genes particulares que herdamos, das existências singulares que suportamos e das percepções individuais que temos do mundo, capazes de tornar cada indivíduo único em sua maneira de ser e de desempenhar o
seu papel social (BALLONE, 2003).

A formação da personalidade começa na infância. Dizem os estudiosos que a personalidade de uma pessoa está definida quando ela completa sete anos de idade. O que ela aprender e apreender até esta fase comprometerá todo o seu desenvolvimento psíquico, emocional, afetivo, social, etc. Daí, podemos ver como é importante o papel do ensino cristão na formação da personalidade das crianças.

É, certamente, o que a Palavra de Deus adverte: “Instrui o menino no caminho em que deve andar, e, até quando envelhecer, não se desviará dele” (Pv 22.6 – grifo nosso). Da formação da personalidade, desenvolve-se o caráter humano através das diversas experiências da vida. Diz o livro sagrado: “Até a criança se dará a conhecer pelas suas ações, se a sua obra for pura e reta” (Pv 20.11).

Essas definições de caráter científico mostram que a personalidade
tem componentes genéticos, educacionais, familiares e psicossociais, em que o indivíduo vai-se tornando “único em sua maneira de ser e de desempenhar seu papel social”. Em outras palavras, na formação da personalidade, entram em ação fatores hereditários (herança genética dos pais: cor da pele, dos olhos, estatura, etc.) e ambientais (formação familiar, escolar, cultural,
moral, ética, espiritual, etc.).

Desse modo, é grande a importância do ensino cristão através da EBD e dos cultos de doutrina na igreja local; do culto doméstico nos lares, para a formação da personalidade dos alunos. Os fatores ambientais podem ser grandemente influenciados pelos princípios elevados do ensino bíblico. Infelizmente, em muitas igrejas, o ensino da Palavra está sendo negligenciado.

Outras atividades, como o louvor e a parte social, têm tomado o lugar prioritário da Palavra de Deus. Diz o salmista: “Lâmpada para os meus pés é tua palavra e luz, para o meu caminho” (Sl 119.105).
Se uma criança, um adolescente ou um jovem recebem o ensino da Palavra de Deus em seu lar e na igreja, dificilmente se desviará dos princípios que lhe são ensinados por seus pais e pelos seus ensinadores na igreja local (Pv 22.6).


Fonte: O caráter Cristão, Moldado pela Palavra de Deus e Provado Como Ouro. Autor: PR. Elinaldo R. Lima / Editora: CPAD
 
Top