Classe: Adolescentes/1°trimestre de 2017
TEXTO BÍBLICO
Romanos 12.1,2; 1Pedro 1.15,16
DESTAQUE
Procurem ter paz com todos e se esforcem para viver uma vida completamente dedicada ao Senhor, pois sem isso ninguém o verá (Hb 12.14).
LEITURA DEVOCIONAL
SEG.................................................................Hb10.10
TER.................................................................1Ts 5.23
QUA..................................................................Fp 4.8 QUI...................................................................Hb 12.14
SEX...................................................................Rm 1.4 SÁB...................................................................2Co 7.1
DOM.................................................................1Ts 3.15

Objetivos
- Ensinar o que é "santidade";
- Ressaltara santidade em relação ao corpo e à mente;
- Destacar a Palavra e a Oração como elementos de consagração a Deus.
MATERIAL DIDÁTICO
FOLHA DE PAPEL, LÁPIS OU CANETA, UM PARA CADA ALUNO.

QUEBRANDO A ROTINA
Para concluir a lição, escreva na lousa a seguinte pergunta: O que você deve fazer para viver sempre em santidade? Distribua as folhas de papel, os lápis, ou as canetas, para cada aluno. Peça que respondam na folha, ao menos, cinco ações que poderiam mudar as suas rotinas. Dê oportunidade para no mínimo três alunos falarem as suas respostas. Em seguida, responda a pergunta dizendo que não há nada que podemos fazer por nós mesmos para sermos santos, pois quem nos santifica é Deus. Mas, uma vez lavados e remidos no Sangue do Cordeiro, devemos tomar algumas atitudes que estimulam uma vida de santidade: Devocional diário, ler a Bíblia, orar e louvar a Deus; aconselhar-se com quem sabe mais; testificar a Cristo para outras pessoas, etc.

 Leia também as novas lições:

P
rofessor, a santidade não tem nada a ver com estar acima dos outros ou se mostrar mais espiritual que outras pessoas. A Bíblia mostra que a santidade é uma atitude de quem, sendo alcançado pela graça de Deus, devolve o amor que o Pai depositou em sua vida. Então, se queremos ser santos é por causa de Deus, não por iniciativa própria. Não podemos buscar a santidade porque queremos seguir uma carreira espiritual ou algo do tipo. Não buscamos a santidade de Deus porque somos ambiciosos, mas a buscamos porque Deus nos quer santos para peregrinar a caminhada da vida. Mostre essa verdade aos seus alunos, pois sabemos que, para serem santos, eles enfrentam muitas dificuldades e tentações em diversas áreas das suas vidas. Boa aula!

A santificação significa "dedicação", "separação", "consagração". Uma ideia de separação de tudo aquilo que impede-nos de buscara Deus e dedicar-Ihe a nossa vida inteiramente. N o contexto do Novo Testamento, santificar-se é separar-se do pecado com o objetivo de conservar-se para Deus, em adoração e prestação de um serviço amoroso e espontâneo ao próximo. Os pecados que enfrentamos ao longo da nossa vida cristã não são fáceis. Não por acaso, a pergunta surge na mente de qualquer crente: É possível ser santo num mundo profano?

A Bíblia Sagrada não titubeia ao responder que não só é possível, como ela estimula uma vida de santidade: "se esforcem para viver uma vida completamente dedicada ao Senhor, pois sem isso ninguém o verá" (Hb 12.14).

Se quisermos ver a Deus é preciso nos esforçar para viver uma vida de acordo com a vontade e os valores de Deus. Mas é claro que nos referimos a pessoa nascida de novo em Cristo Jesus, pois quem está imerso em pecado ainda não tem forças para fazer alguma coisa neste sentido. Essa pessoa não pode salvar a si própria, nem a outras. "Porque pela graça sois salvos".

A Bíblia diz que fomos santificados instantaneamente quando nos arrependemos do pecado e nos reconciliamos com Deus. Desde o momento que fomos salvos em Cristo Jesus: "Ê, porque Jesus Cristo fez o que Deus quis, nós somos purificados do pecado pela oferta que ele fez, uma vez portadas, do seu próprio corpo" (Hb 10.10). Maior é o que está conosco do que o que está no mundo. Mas ao mesmo tempo o nosso Senhor espera de nós uma atitude concreta como crentes que somos: separar-se do que é ruim para dedicar-se a Deus (1Ts 5.23). Sim é possível ser santo em todo lugar!

AUXÍLIO TEOLÓGICO
A SANTIFICAÇÃO
No mundo, os crentes são forasteiros e peregrinos (Hb 11.13; 1Pe 2.11). (a) Não devem pertencer ao mundo (Jo 15.9), não se conformar com o mundo (ver Rm 12.2), não amar o mundo (2.15), vencer o mundo (5.4), odiar a iniquidade do mundo (ver Hb 1.9), morrer para o mundo e ser libertos do mundo.(Mt 6.24; Lc 16.13; verTg4.4). Amar o mundo corrompe nossa comunhão e leva à destruição espiritual. É impossível amar ao mundo e ao Pai ao mesmo tempo. Amar ao mundo significa estar em estreita comunhão com ele e dedicar-se aos seus valores, interesses, caminhos e prazeres. Significa ter prazer e satisfação naquilo que ofende a Deus e que se opõe a Ele (Lc 23.35). Note, é claro, que os termos 'mundo' e 'terra' não são sinónimos; Deus não proíbe o amor à terra criada, i.e., à natureza, às montanhas, às florestas, etc.
De acordo [lJo] 2.16, três aspectos do mundo pecaminoso são abertamente hostis a Deus: (a) 'A concupiscência da carne', que inclui os desejos impuros e a busca de prazeres pecaminosos e a gratificação sensual (l Co 6.18; Fp 3.19; Tg 1.14). (b) 'A concupiscência dos olhos', que se refere à cobiça ou desejo descontrolado por coisas atraentes aos olhos, mas proibidas por Deus, inclusive o desejo de divertir-se contemplando pornografia, violência, impiedade e imoralidade (Gn 3.6; Js 7.21; 2. Sm 11.2; Mt
5.28). A soberba da vida', que significa o espírito de arrogância, orgulho e independência autossuficiente, que não reconhece Deus como Senhor, nem a Palavra como autoridade suprema. Tal pessoa procura exaltar, glorificar e promover a si mesma, julgando não depender de ninguém (Tg 4.16)" (Adaptado da Bíblia de Estudo Pentecostal, CPAD, p.1957).
 
SANTIDADE COM O CORPO
O tempo em que vivemos não é muito fácil. Se é garoto, sofre uma forte pressão dos colegas a fazer coisas erradas, como por exemplo, apostar para ver quem "fica" com mais meninas. Se é menina, a pressão é das colegas para você praticar coisas desagradáveis a Deus. Mas a grande verdade é que tudo isso não tem fundamento algum. É a hora de buscar a Deus de todo coração e mente. Respeitando o próprio corpo que é o templo do Espírito Santo. O seu corpo não é para os outros, neste momento da sua vida, mas para a glória de Deus. Por isso, tanto meninos quanto meninas, ambos devem vestir-se e portar-se com decência, respeito e temor a Deus. Vivendo sempre para a sua glória.

SANTIDADE COM A MENTE
O apóstolo Paulo certa vez escreveu: "Por último, meus irmãos, encham a mente de vocês com tudo o que é bom e merece elogios, isto é, tudo o que é verdadeiro, digno, correto, puro, agradável e decente" (Fp 4.8). Graças a Deus ninguém tem acesso a nossa mente, pois se alguém tivesse quantas coisas saberia sobre o que se passa em nossa mente? Por isso, pedimos sempre perdão pelos nossos maus pensamentos. Se você alimentar a sua mente com impurezas, jogos violentos, malandragens, etc., o seu coração estará cheio de coisas que não prestam e em nada te edificarão.

Vale a pena ir na contramão do círculo de colegas que te querem ver fazendo coisas erradas. Ao invés de pensar no que é ruim, pense no que é bom; ao invés da vaia, pense no elogio; invés do indigno, pense no digno; invés do falso, pense no verdadeiro; invés do desrespeito, pense no respeitoso; invés do errado, pense no correto; invés do impuro, imundo, pense no puro, cristalino; invés do desagradável, pense no agradável; invés do indecente, pense no decente, na ordem. Que a sua mente seja santa para a glória de Deus!

PALAVRA E ORAÇÃO
Para consagrar a sua vida ao Senhor, o Criador dos Céus e da Terra, não há ferramentas melhores que a Palavra e a oração. Separe um dia pela manhã para orar e ler a Palavra. Aproveite, como consequência deste objetivo, para fazer um jejum. Você pode começar orando, entoando cânticos espirituais que te levem a adorar a Deus. £m seguida, leia a Palavra meditando em cada frase. Deixe a Palavra de Deus penetrar o seu coração e mente. Uma vida de santidade não acontece da noite para o dia. Depende exclusivamente das pessoas que tem um propósito sublime com Deus.

Nada melhor que ter uma experiência a sós com Deus para saber o quanto Ele te ama e te quer bem. Reúna outros colegas adolescentes da sua igreja local para juntos orarem ao Deus Todo-Poderoso, pedindo--Lhe para tocar em seus corações a fim de viver uma vida santa. Devemos colocar a nossa necessidade diante de Deus, pois a santidade é o compromisso de todos os que tornaram-se membros do Corpo de Cristo, batizaram-se e participam do pão e do cálice do Senhor. Cremos numa vida de santidade!

Recapitulando
A palavra santidade quer dizer "dedicação", "separação", "consagração". Uma ideia de separação de tudo aquilo que impede-nos de buscar a Deus e dedicar-lhe a nossa vida por inteira. Vimos que é possível sim vivermos uma vida de santidade. Santidade no corpo, Santidade na mente! Em Cristo somos chamados a ser santos em toda a maneira de viver. Ir à contramão da sociedade brasileira não é fácil, mas pode ser muito prazeroso saber que estamos contribuindo para a construção da nossa família, igreja e de toda a sociedade.

REFLETINDO
1. O que é viver de maneira santa?
Separar-se do pecado com o objetivo de conservar-se para Deus, em adoração e prestação de um serviço amoroso e espontâneo ao próximo.
2. Cite algumas ideias confusas sobre a santificação:
Legalismo; Isolamento do mundo; Arrogância, etc.
3. Qual a sua opinião sobre uma vida diária de oração?
Resposta livre.


Revista de Adolescentes - Professor 1º Tr. 2017 - CPAD/Reverberação: www.sub-ebd.blogspot.com
 
Top