FECHAR
Clique e acesse
 

Classe: Adolescentes/1°trimestre de 2017
TEXTO BÍBLICO
1Tessalonicenses 4.16-18; Judas v. 14
DESTAQUE
Homens da Galileia, por que vocês estão aí olhando para o céu? Esse Jesus que estava com vocês e que foi levado para o céu, voltará do mesmo modo que vocês o viram subir (At 1.11).

LEITURA DEVOCIONAL
SEG.................................................................Mt 24.27
TER.................................................................Mt 24.37-39
QUA..................................................................Ap 19.11-15 QUI...................................................................Ap 19.16
SEX.................................................................1Co 15.42-49
SÁB.................................................................1Co 15.50-52
DOM.................................................................1Ts 5.8-11
 
Objetivos
Explicar a doutrina sobre a vinda de Jesus;
Definira arrebatamento da Igreja;  
Destacar a segunda vinda visível.
Material Didático
Cartaz, lousa.
Quebrando a Rotina
Professor, para sintetizar melhor a Segunda Vinda de Jesus Cri$to, em relação à primeira, e para concluir a lição, reproduza o esquema sugerido abaixo:
Primeira Vinda de Cristo
Jesus veio para servir (Mt 20.28).
Jesus montou num jumento (Mc 11.7).
Jesus foi rejeitado pelo seu povo (Jo 1.12).                       
Jesus foi julgado e condenado (Mt 27.22).
Jesus foi humilhados crucificado (Lc 23.33).
A Segunda Vinda em Glória
Jesus virá como Rei (Ap -19.16).
Jesus virá num "cavalo branco" (Ap 19.11)  .
Jesus será aceito' pelos judeus (Mt 24.22,30).
Jesus julgará e condenará os seus inimigos (Ap 17.14).
Todo joelho se dobrará perante Cristo (Fp 2.10).

Quando Jesus voltará? Uma pergunta que todos fazem! Você, professor, deve instigar o aluno a pensar sobre tal pergunta. Talvez, ele tenha ouvido essa pergunta na família, na igreja ou entre os colegas, mas sem o êxito de ter uma explicação adequada. A hora de explicar e ensinar é essa. Afirme que a promessa da Vinda de Jesus é uma das mais importantes de toda a Bíblia. O livro de Atos narra-nos que da mesma forma que Jesus ressuscitou e foi assunto aos céus, Ele voltará para buscar a noiva do Cordeiro (At 1.9-11).
A lição que vamos estudar nesta semana é a consumação do resultado da fé que uma vez foi dada aos santos de todas as épocas da história da Igreja. Deus te abençoe!

Até aqui estudamos os principais pontos da nossa fé cristã. Falamos !da Bíblia, a Palavra de Deus, das pessoas de Deus, de Cristo e do Espírito Santo. Estudamos a respeito do problema do pecado, o grande entrave para a humanidade; da salvação e do Batismo no Espírito Santo; da atualidade dos Dons Espirituais; da Igreja, do Batismo e da Ceia do Senhor; e da perseverança de uma vida de santidade ao Senhor.

Com a presente lição, estamos coroando o nosso estudo com o tema da Vinda do nosso Senhor Jesus Cristo. Porque lemos e estudamos a Bíblia, cremos nas suas promessas inauditas e eternas para todo aquele que crê. Tudo isto tem apenas uma razão: apresentar o Evangelho às pessoas a fim de que Deus seja em tudo exaltado, por intermédio de Jesus Cristo.
 
A Vinda de Jesus
Quanto à vinda de Jesus, a Bíblia Sagrada é clara: "Porque, assim como o relâmpago risca o céu, do nascente até o poente, assim será a vinda do Filho do Homem" (Mt 24.27). Ou seja, o Senhor Jesus virá de maneira que todo olho verá tão grande acontecimento. Imagine o mundo acompanhando a pessoa bendita de Jesus voltando com poder e infinita glória?
Assim como Ele é o veremos! Nosso Senhor, o amado Salvador, também virá de surpresa. A Bíblia diz que "a vinda do Filho do Homem será como aquilo que aconteceu no tempo de Noé. Pois, antes do dilúvio, o povo comia e bebia, e os homens e as mulheres casavam, até o dia em que Noé entrou na arca. Porém não sabiam o que estava acontecendo, até que veio o dilúvio e levou a todos. Assim também será a vinda do Filho do Homem" (Mt 24.37-39). É o elemento surpresa da vinda de nosso Senhor.
As pessoas displicentes buscam viver segundo os próprios pensamentos, como se a única coisa que importasse fosse a comida, a bebida e as festas. Nestes dias festeiros, normais, como qualquerdia, é que o Senhor chegará. Aparecerá para os grandes e pequenos; ricos e pobres; inteligentes ou não. E importante ressaltar que a vinda de Cristo se dará em duas fases distintas: o Arrebatamento da Igreja e a Segunda Vinda Visível.

Marque com um X a resposta correta:
(  ) A Grande Tribulação acontecerá antes do Arrebatamento.
(  ) O Arrebatamento é a vinda visível de Cristo para o mundo.
( ) A Grande Tribulação marca um tempo de juízo de Deus para as pessoas que não atenderam a chamada do Criador para se arrependerem.
(  ) A Igreja passará pela Grande Tribulação.

O Arrebatamento da Igreja
Na primeira fase, o nosso Senhor virá somente para sua Igreja. E o Arrebatamento! Refere-se ao "encontro do Senhor", o rapto da Igreja. Esta primeira fase da vinda do Senhor será visível à Igreja, mas invisível ao mundo. Este não saberá o que aconteceu. Há um cântico antigo que relata exatamente isso, os seus pais devem lembrar: "Quem ficou, ficou, quem partiu, partiu Quem ficou, só lágrimas; pra quem partiu é festa. Brevemente a notícia se espalhará/ E um Povo da terra desapareceu/£ um grande tumulto acontecerá/ Pergunta-se como isto se deu/ Quem sabe dirá: foi o arrebatamento/ Quem não sabe dirá: marcianos levaram/ A verdade sagrada escrita está/Jesus o seu povo veio buscar". O Arrebatamento é a esperança da Igreja de ver o seu Senhor. Você tem esta esperança?

A Segunda Vinda Visível
Após o Arrebatamento, dizem os estudiosos, virá um tempo de muita confusão na Terra: a Grande Tribulação. Por acaso você ouviu ou conhece essa expressão? A Grande Tribulação marca um tempo de juízo de Deus para as pessoas que não atenderam a chamada do Criador para se arrependerem (Ap 6 - 8). Cremos que a Igreja que foi arrebatada pelo Senhor não passará pela Grande Tribulação! Neste tempo se levantará um homem poderoso, inteligente e ditador mundial. Ele é o homem do pecado e o filho da perdição (2 Ts 2.3): o Anticristo. No momento de tão grande aflição proporcionada pela ação do Anticristo, e juntamente com a Igreja que fora anteriormente arrebatada, Jesus Cristo intervirá no mundo para destruir o Anticristo (Ap 19.14), fazer cessar a guerra sem proporção na história do mundo e estabelecer um Reino de Paz universal, o Milénio.

Talvez você não pense nisso ainda, mas o mundo é difícil, muito difícil. Quem tem em seu coração a esperança que ora estudamos não se desesperará. Jesus Cristo voltará! Sim, voltará para arrebatar a Igreja e estabelecer um Reino de Paz Universal onde a dor e o mal não terão mais vez.
 
AUXILIO TEOLÓGICO
Tudo no Sermão do Monte caminha em direção a um juízo final, e os temas desse juízo, envolvendo a separação dos crentes, dos não crentes, estão presentes em todo o sermão. [...] Todas as três parábolas desse sermão contêm símbolos gráficos do juízo que está próximo. £ o grande tema dominante de todo o sermão — o repentino aparecimento de Jesus Cristo — é continuamente retratado como sendo o supremo acontecimento que irá precipitar e sinalizar a chegada de um juízo maciço e catastrófico. Agora Cristo nos dá uma poderosa descrição desse juízo:

E, quando o Filho do Homem vier em sua glória, e todos os santos anjos, com ele, então, se assentará no trono da sua glória; e todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas. E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda.

-Mateus 25.31-33

Não há ninguém na Escritura que possa dizer mais sobre isso do que o Senhor Jesus.

Ele advertiu repetidamente a respeito do iminente julgamento dos que não se arrependem (Lc 13.3,5). Ele falou muito mais sobre o inferno do que sobre o céu, usando sempre os termos mais nítidos e perturbadores. A maior parte do que sabemos sobre o destino eterno dos pecadores veio dos lábios do Salvador. E nenhuma das descrições bíblicas do juízo é mais severa ou mais intensa do que aquelas feitas por Jesus.

No entanto, Ele sempre falou sobre essas coisas usando os tons mais ternos e compassivos. Ele sempre insiste para que os pecadores abandonem os seus pecados, reconciliem-se com Deus, e se refugiem nEle para que não entrem em julgamento. Melhor do que qualquer outro, Cristo conhecia o elevado preço do pecado e a severidade da cólera divina contra o pecador, pois iria suportar toda a força dessa cólera em benefício daqueles que redimiu. Portanto, ao falar sobre essas coisas, Ele sempre usou a maior empatia e a menor hostilidade. E até chorou quando olhou para Jerusalém sabendo que a cidade, e toda a nação de Israel, iria rejeitá-lo como seu Messias e, em breve, seria destruída" (A Segunda Vinda, CPAD, 2013, pp.179-80).

Recapitulando
Na aula desta semana vimos que a Bíblia revela com clareza que Jesus Cristo voltará pessoalmente. Esta promessa foi verbalizada pelo próprio Senhor quando subiu aos céus. Da mesma forma que Ele subiu e desapareceu entre as nuvens, o nosso Senhor retornará a esta Terra sobre as nuvens com poder e grande glória. Estudamos que a vinda de Cristo deve ser distinguida em duas fases. A primeira, o Arrebatamento, quando a sua vinda será visível à Igreja, encoberta ao mundo. A segunda, em sua Vinda Gloriosa, onde todo o olho verá o nosso Senhor intervindo no mundo, glorioso e acompanhado pela sua noiva, a Igreja. Portanto, viva a esperança que Cristo nos fornece hoje. A promessa da sua vinda deve ser guardada em nosso coração para vivermos uma vida plena em Cristo para sempre.

Refletindo
1. A Vinda do Senhor será num dia em que menos ESPERANMOS. Já pensou nesta possibilidade? Resposta livre.
2. Falta algum sinal para acontecer o Arrebatamento da Igreja?
Não. O Arrebatamento da igreja é iminente.
3. Por que pouco se fala sobre a Vinda do Senhor Jesus?
Resposta livre.


Revista de Adolescentes - Professor 1º Tr. 2017 - CPAD/Reverberação: www.sub-ebd.blogspot.com
 
Top